Por iniciativa da BAD foi criado em 1992 um Comité para o Código Deontológico, que veio a ampliar a sua base de apoio e representatividade, transformando-se, em Março de 1995, na Comissão de Ética para os Profissionais da Informação em Portugal. Depois de um Inquérito em 1993, a que responderam 80% dos membros das associações portuguesas auscultados, e que se pronunciou esmagadoramente pela necessidade de um Código de Ética nacional, aquela Comissão, constituída paritariamente pela BAD, pela INCITE e pela APDIS e dinamizada por Antonieta Vigário, elaborou um anteprojecto, divulgado em 10 Dezembro 1998, no 50º aniversário da Declaração Universal dos Direitos do Homem. Posto à discussão pública até Abril, o texto final do Código de Ética, viria a entrar em vigor a 25 de Junho de 1999, tendo sido acolhido pela FAIFE, entre os outros Códigos profissionais existentes de várias associações profissionais de outros países [inserir link 22 Conhecer Códigos de Ética Profissional].

O Comité FAIFE (Committee on Freedom of Access to Information and Freedom of Expression) é uma iniciativa da IFLA para defender e promover os direitos humanos básicos definidos no Artigo 19ª da Declaração Universal dos Direitos Humanos das Nações Unidas. Promove a liberdade de acesso à informação e a liberdade de expressão em todos os aspetos, direta ou indiretamente, relacionados com as bibliotecas e o mundo da informação.

Os objetivos do Código de Ética são:

  1. Ser um instrumento de clarificação e ajuda à decisão ética dos profissionais de informação em Portugal;
  2. Dar aos utilizadores dos serviços de informação portugueses (bibliotecas, arquivos, serviços de informação, etc.) a confiança de que os profissionais respeitam os seus direitos;
  3. Apresentar à sociedade o compromisso que os profissionais de informação, que trabalham em Portugal, assumem perante os valores éticos que norteiam a sua atividade profissional;
  4. Ajudar a integração profissional de novos membros, expressando sucintamente os valores da profissão.

Outros Códigos de Ética Profissional

  1. Código de Ética IFLA para Bibliotecários e outros Profissionais da Informação
  2. Código de Ética do ICA (International Council on Archives)
  3. Códigos de Ética de Associações de Bibliotecas e Bibliotecários (IFLA)
  4. Code of Ethics – Archives and Records Association (UK and Ireland)
  5. Code of Ethics for Archivists – The Society of American Archivists
  6. Code of Ethics – The Australian Society of Archivists Inc. (ASA)
  7. Digital Preservation Code of Ethics – National Library of New Zealand